Queridos visitantes

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Então uma voz que eu não ouvia há muito tempo, tanto tempo que quase não a reconheci (mas como poderia esquecê-la?), uma voz amorosa falou meu nome, uma voz quente repetiu que sentia uma saudade enorme, uma falta insuportável, e que queria voltar, pediu, para irmos às ilhas gregas como tínhamos combinado naquela noite. Se podia voltar, insistiu, para sermos felizes juntos. Eu disse que sim, claro que sim, muitas vezes que sim, e aquela voz repetiu e repetia que me queria desta vez ainda mais, de um jeito melhor e para sempre agora.
  
   [Quando setembro vier - Pequenas Epifanias, Caio Fernando Abreu]
''Não sei se estou perto ou longe demais, se peguei o rumo certo ou errado. Sei apenas que sigo em frente, vivendo dias iguais de forma diferente. Já não caminho mais sozinha, levo comigo cada recordação, cada vivência, cada lição. E, mesmo que tudo não ande da forma como eu gostaria, saber que já não sou a mesma de ontem me faz perceber que tudo valeu a pena.''

domingo, 28 de novembro de 2010


(Justin Timberlake)
Oh, hey, eu tenho viajado nessa estrada por muito tempo
Apenas tentando encontrar o meu caminho de volta pra casa
Mas o meu antigo eu está morto e enterrado,
Morto e enterrado
E oh, hey, eu tenho viajado nessa estrada por muito tempo
Apenas tentando encontrar o meu caminho de volta pra casa
Mas o meu antigo eu está morto e enterrado,
Morto e enterrado (8)

Quando Gira o Mundo - Fábio Jr.

Tudo, tudo pode acontecer
Feche os olhos, solte o seu prazer
Quando o sonho traz, a vida traz
Tudo, tudo pode o amor ganhar
Passe o tempo, passe o que passar
A noite vem, o dia vai.
Quando gira o mundo
E alguém chega ao fundo de um ser humano
Há uma estrêla solta pelo céu da bôca
Se alguém diz te amo!
E uma esperança desce junto com a madrugada
Como o sol surgindo cada vez mais lindo
Pela nossa estrada
Esqueça então
O "não" e o "talvez"
Diga: "sim"
Esta é a sua vez
É o seu amor que vai chegar
Quando gira o mundo
E alguém chega ao fundo de um ser humano
Há uma estrêla solta pelo céu da bôca
Se alguém diz te amo!
E uma esperança desce junto com a madrugada
Como o sol surgindo cada vez mais lindo
Pela nossa estrada.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A Girl Like Me (Uma Garota Como Eu) - Rihanna

Algumas garotas jogam conforme as regras
Elas andam e falam e se vestem da mesma coisa
"Nada de novo para falar"
Elas não percebem que é tão fácil ver
Através desse disfarce
E faz com que eu me pergunte por que
Quando o mundo todo vai para a esquerda
É quando vou pra direita
Eu preciso de alguém para me deixar ser
Apenas quem eu sou por dentro

Porque uma garota como eu
É um pouquinho diferente do resto
E uma garota como eu nunca aceita o segundo lugar
Poderia ser um garoto como você
Que iria me dar tudo se eu pedisse à ele
Para pegar todos meus desejos e realizá-los
Mostre-me todas as razões que você
Tem para estar com uma garota como eu

A possibilidade me deixou divagando
Pensando no que poderia existir entre eu e você
Ainda preciso saber
Se deve manter esse sentimento ou deixo ele ir embora
Eu não posso mais esperar mais
Agora é a hora para se abrir e mostrar-me o que você sente
Diga-me se você quer se arriscar em algo real

Porque uma garota como eu
É um pouquinho diferente do resto
E uma garota como eu nunca aceita o segundo lugar
Poderia ser um garoto como você
Que iria me dar tudo se eu pedisse à ele
Para pegar todos meus desejos e realizá-los
Mostre-me todas as razões que você
Tem para estar com uma garota como eu

Espelho, espelho meu me segure antes que eu caia
Eu gostaria de poder, eu gostaria que desse
Para encontrar a resposta aqui à noite
Espelho, espelho meu me segure antes que eu caia
Eu gostaria de poder, eu gostaria que desse
Para encontrar a resposta aqui à noite

Quando o mundo todo vai para a direita
É quando eu vou pra esquerda
Eu preciso de alguém para me deixar ser

Apenas quem eu sou por dentro.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010



É difícil me iludir, porque não costumo esperar muito de ninguém. Odeio dois beijinhos, aperto de mão, tumulto, calor, gente burra e quem não sabe mentir direito. Não puxo saco de ninguém, detesto que puxem meu saco também. Não faço amizades por conveniência, não sei rir se não estou achando graça, não atendo o telefone se não estou com vontade de conversar.
          Caio F. Abreu

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O problema de não saber o que vem depois é exatamente o que vem depois. Você nunca sabe se o sorriso que alguém te deu ontem, amanhã pode ser uma decepção, não sabe se o amor que ontem era o maior que havia sentido, amanhã irá evaporar. São enigmas, descobertas nem sempre tão agradáveis e digo isso por hoje sentir que é assim, por bem dentro de mim isso ser forte e aquele arrependimento, aquela dúvida não me deixar nunca. Como seria se eu não tivesse te conhecido? Evitaria a dor, a saudade, os pensamentos, sonhos e tantas ilusões. Eu evitaria a espera, evitaria as brigas que dóem, e toda essa frustração que vive em torno de nós dois. Ainda custo a aceitar tantas coisas, custo a aceitar como tudo realmente é. Porque convenhamos, a realidade é um tanto injusta e difícil de ser aceita. Não importa o quanto você queira algo, as vezes simplesmente não acontece, porque não tem que acontecer.