Queridos visitantes

segunda-feira, 6 de junho de 2011


"Eu me fui, eu me sou, eu me serei em cada um dos girassóis do reino a ser feito. E as coisas terão que ser claras. Releio o que escrevi neste caderno, desde janeiro, revejo o que vivi. Tudo me conduziu para este here and now. Tudo terá que ser claro. How can I tell you?"

22 de maio, in Lixo e purpurina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário