Queridos visitantes

domingo, 17 de julho de 2011

E o dia passa. Você dá os mesmos sorrisos falsos. Os mesmos “está tudo bem”. Diz as mesmas mentiras. Desvia os assuntos mais complicados, como sempre. E então, o dia acaba. Mas, nos seus pesadelos, você não consegue mentir. Você não consegue sorrir falsamente. Nos seus pesadelos, os fantasmas do passado insistem em tocar nas suas feridas. E a consequência? Uma noite mal dormida, para ter que acordar, e seguir a mesma rotina de sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário