Queridos visitantes

quarta-feira, 13 de julho de 2011


Mas é assim que a vida é, não é mesmo? Injusta. Mas eu te entendo, eu sei como você se sente, sei como a suas lágrimas ardem ao descer de seus olhos. Sei como o seu coração se comprime ao sentir o arder descer. Sei como a sua mente está cansada de se preocupar, e pensar sempre no mesmo motivo. Sei como você está em relação a vida e a ele. Sei como você se sente em relação a tudo, e sobre o que acontece logo á cima de você. Essa vontade de gritar, de sumir. Aliás, eu sei como são todos esses sentimentos. Afinal, eu tenho eles comigo 24 hrs por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário