Queridos visitantes

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Eu nem sei porque ainda choro, porque ainda deito minha cabeça no travesseiro quando está tudo errado e tento pensar em mil possibilidades para continuar seguindo em frente; é sério. Eu não sei por que ainda faço isso. A mesma história se repete todas as noites e a solução que é bom, eu ainda não encontrei. Mas quer saber? Algumas vezes me sinto aliviada em saber que eu posso deitar a cabeça no meu travesseiro e chorar baixinho, nem que seja só até a raiva passar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário