Queridos visitantes

segunda-feira, 11 de julho de 2011


Por favor, eu peço: não mexa comigo, não pise nas minhas feridas, não sapateie em cima dos meus calos. Eu mordo, rosno, viro bicho. Não faça mal para os meus, não maltrate quem não merece, não me faça pegar nojo da sua cara. — Clarissa Corrêa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário