Queridos visitantes

domingo, 10 de julho de 2011


Estou aqui para dizer que tentei, fiz de tudo pra trazer você para mais perto de mim, mas hoje vejo que não adiantou de nada, porque você continua sendo ''quase'' em tudo. Confesso que de tanto de buscar, acabei me cansando, acabei cansando de você, cansando dessa situação. Eu não sou mais aquela menininha que ficava na base do ''ah, mas vai mudar'', eu até espero, dou mil chances de alguém mudar, mas quando eu remo remo e vejo que a outra pessoa não me acompanha, eu abandono o tal do barco e mudo de direção. É desgastante tentar algo que a gente ver que vai ser perda de tempo, e foi de tanto errar nesse ponto de ''esperar das pessoas'' que eu aprendi a ser eu mesma sempre, porque se eu não me amar todos os dias, ninguém vai vim me amar no meu lugar. Fiquei muito prática com o passar do tempo, excluo as pessoas da minha vida totalmente, sem dó nem piedade. Foram quase 5 meses de agonia, de alegria momentânea, de milhares de perguntas e 10% de resposta e de uma ansiedade fora do comum e de limite, eu nunca me vi da forma que eu fui com você. Como eu te busquei demais, eu fui me esgotando e ficando cansada e olha no que deu! Dá até raiva de pensar, mas como eu não gosto de ficar me lamentando por minhas perdas eu prefiro entregar ao tempo, o tempo sim vai resolver isso, mas enquanto ele resolva eu vou vivendo minha vida sem precisar te buscar e pensar em você 24 horas do dia. É isso aí, pra frente é que se anda, não vou ficar parada vendo as coisas passarem, na mesma posição tendo um mesmo foco, quero outros focos, ver outras direções, novas oportunidades e rostos. Se for pra ser, será.

[vanessa vlr]

Nenhum comentário:

Postar um comentário