Queridos visitantes

segunda-feira, 11 de julho de 2011


Quantas vezes você chorou baixinho pra não correr o risco de alguém ouvir e você ter que explicar a história toda? Quantas vezes você disse que era só uma dor de cabeça por que falar o que realmente te afligia doía três vezes mais? Quantas vezes você se escondeu por medo de que te estranhassem? Quantas vezes você se repreendeu por um erro que não havia cometido? Quantas vezes você chorou por promessas quebradas e corações partidos? Quantas vezes você quis dormir até parar de doer? Quantas vezes?

Nenhum comentário:

Postar um comentário