Queridos visitantes

sexta-feira, 12 de agosto de 2011


Olho para o mundo, para o céu, para as pessoas e para mim mesma. O mundo não é perfeito, você não é perfeita. Eu queria me entender e entender as pessoas algumas vezes. Eu queria sentar e conversar com um amigo de verdade e falar sobre meus problemas, só que é difícil falar sobre esses problemas por que doe, cada um desses problemas foi eu as que criei, eu que as dificultei. Mas será que a culpa é minha? Será que essa dor vai passar? Será que há soluções para esses problemas? Não sei. São perguntas que devemos perguntar a Deus, são perguntas que não merecem respostas de qual quer pessoa e sim de uma Pessoa. O incrível é que o ser humano é tão insensível, insensível consigo mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário