Queridos visitantes

quarta-feira, 12 de outubro de 2011


Mas descobri que não preciso brigar, falar o que penso, enfiar o dedo na cara, desejar o seu mal ou falar o quanto você é uma cretina para todo mundo. Vou deixar a vida te ensinar. O que quero é que você vá para bem longe com sua felicidade falsa, seu coração vagabundo e sua inveja fantasiada de anjo.
Clarissa Corrêa

Nenhum comentário:

Postar um comentário