Queridos visitantes

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2013 ---> 2014

Se fosse para fazer um balanço desse ano, honestamente, ele não teria sido o meu preferido. Porem, com certeza ele foi o ano que muito fui a luta e consequentemente mais conquistei troféus. Terminei meu Técnico em Nutrição, comecei meu superior em Nutrição, ganhei duas bolsas de estudo em cursos maravilhosos mas abri mão delas para deixá-las para as pessoas que não tem condição financeira de pagar uma faculdade, passei na UEPB e com menos de 3 meses de curso já fui convidada a participar de um grupo de pesquisa científica do Departamento de Farmácia da UEPB e em setembro dei início a minha jornada [que será árdua] de conciliar dois cursos superiores, ambos da área de saúde. Você poderia pensar: ah mais como ela aguenta? Desistir ou preguiça em relação a lutar pelos meus objetivos ou por aquilo que acredito, não faz parte da pauta da minha vida e muito menos deixo fazer ou que alguém venha querer ‘’borrar’’ meus sonhos, pois é aí que me torno cada vez mais forte! Foi um ano difícil, muito. Em relação a me decepcionar com pessoas que até então gosto demais e outras que já não gosto, um ano de muitas reviravoltas em relação a relacionamentos... Conheci pessoas muito especiais, que me ensinaram bastante coisas. Muita coisa aconteceu nesse ano. Na verdade, eu e minha confiança foram testadas. Definitivamente eu cresci, e muito. Estou bem calejada com algumas coisas. Então, me protejo muito. Não dá pra se expor o tempo todo e aprendi a não expor tanto minha vida para as pessoas, pois no passado já paguei muito caro por isso. Mas com a fé do dia a dia encontro a solução para superar todos os problemas. Mas por uma parte esse ano foi foda! Teve tanta coisa ruim, mas... Tem gente que me surpreende demais. Tem gente que vale à pena. Pois é, o ano tá acabando e posso dizer que eu sou muito grata pelas pessoas que me amam e que eu amo. Hoje eu agradeço a Deus não só por mais um dia de vida, mas também por se 'materializar' em forma de anjos e fazer com que meus dias sejam melhores.


‘’Você não sabe o quanto eu caminhei pra chegar até aqui
Percorri milhas e milhas antes de dormir, eu nem cochilei
Os mais belos montes escalei
Nas noites escuras de frio chorei, ei, ei...’’

Nenhum comentário:

Postar um comentário