Queridos visitantes

quarta-feira, 19 de março de 2014

Eu queria ressuscitar o ontem e acordar no meio de um daqueles nossos erros. Eu não te negaria nenhum beijo, nenhuma conversa de pé na cozinha, nenhuma oportunidade de mudar esse meu mundo sujo que se revela a cada noite fria e solitária, nenhuma chance de desvendar essa sua alguma coisa. Como faz esse seu novo amigo - quase namorado, já sei, mas não se incomode, não mereço explicação. Não vou perder meu tempo te prometendo coisas novas, prefiro começar cumprindo as que fiz a mim mesmo e parar de comer tantas besteiras. Mas, no auge do meu altruísmo, espero que essa nova pessoa esteja agora mesmo de cotovelos para seus encantos, aquela sua alguma coisa que você tinha e eu nunca soube identificar, mas até hoje impede de me apaixonar por outro alguém. [Gabito Nunes]

Nenhum comentário:

Postar um comentário