Queridos visitantes

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Letargia

A letargia que me arrasta quase todo santo dia
Sem você nada fica completo
Por que o tempo não passa?
Me diz quando eu vou ter você
Ou se não vou ter
Eu canto a dor e alegria ao mesmo tempo
Palavras sem sentido
Ouvido surdo pra as palavras desinteressantes
Cabeça nas nuvens, corpo cansado
Lembranças me assombram
Te trazendo aqui de forma ausente
Quero seus olhos nos meus
Seus pés na minha direção
Suas palavras limpas e até as banais
A canção ficou e você partiu
Tanta coisa ficou e o que mais quero se foi
É tão difícil olhar o mundo sem você perto de mim
Meu mundo é cansativo
O orgulho me destruiu, mas
A esperança está aqui à sua espera
Que saudade de você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário