Queridos visitantes

domingo, 31 de dezembro de 2017

2017

Eu sempre vou me impressionar sobre o quanto mudo de um ano para o outro, preservando sempre minha essência. Costumo dizer que uma pessoa não deve querer ser como a outra e sim buscar sempre ser a melhor versão de si mesma. Geralmente as retrospectivas alheias só possuem coisas boas, mas a minha verdadeira retrospectiva possui coisas boas e ruins. Quem me conhece BEM sabe que sou extremamente reservada, então postar isso, não foi nada fácil. Na maior parte de 2017 eu estava mais perdida que azeitona em pão doce e me sentindo mais inútil que sauna no deserto, rsrs... Pois tudo que eu construí nos últimos meses estava desmoronando ou dando errado, e fiquei infeliz demais. A vida me deu uma verdadeira rasteira e deixou meu psicológico ainda pior. Fiquei muito p* da vida por outras coisas que também andavam acontecendo (já vindas dos anos anteriores), e briguei com pessoas tóxicas (e não me arrependo) e com pessoas que amo. Falhei, me sentir sozinha, perdi oportunidades, magoei pessoas que amo, fui magoada. Mas em contrapartida, voltei a fazer coisas que gostava, trabalhei, me afastei de pessoas tóxicas, curtir muitas festas e etc e tal. Por me cobrar muito e nunca achar que sou boa o suficiente (em todos os aspectos), então vieram as opiniões alheias (e não pedidas), e por eu estar vulnerável, me deixaram com a auto estima (que já não é lá essas coisas) lá embaixo. Uma das coisas que mais detesto, é como as pessoas pressupõem coisas da minha vida, quando as mesmas não sabem nem 1% do que se passa comigo, dentro de mim. Então fiquei esgotada e a solução foi entregar tudo a Deus. Pedi luz, sabedoria e paz, e né que deu certo? E estou bem mais de boas! Claro que não vivo 100% feliz, até porque a vida não é igual ao que a maioria das pessoas posta nas redes sociais: bela, glamourosa e maravilhosa! E sabe de uma coisa? Não tem problema se perder de si mesmo se no fim você acabar se reencontrando. Mas se procure. Não desista de si. A vida é bem mais louca do que a gente consegue se quer imaginar. Por enfim, existe aquele ditado: "Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos...", tenho absoluta certeza que Deus tem um plano maior na minha vida, eu sei que Ele colocou anseios no meu coração para que eu passasse por tudo que passei. Agradeço a Ele por me dá a oportunidade de estar viva e através da minha fé poder me superar a cada dia.

(Vanessa V. de Lima Ramos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário